Pagar menos com o seguro do Carro

Seguro Automóvel

O proprietário ou o condutor de um veículo são responsáveis pelos prejuízos que este possa causar e, em caso de acidente, podem incorrer em graves responsabilidades, face às indemnizações que lhes poderão ser exigidas. Por outro lado, é importante acautelar os legítimos interesses dos lesados no caso de acidentes de viação. Por estas razões, o seguro de responsabilidade civil para os veículos terrestres a motor e seus reboques é obrigatório. A falta de seguro é punida por lei e em caso de acidente, é responsabilidade do condutor ou proprietário do veículo pagar as indemnizações aos lesados.

 

O capital mínimo obrigatório a subscrever para os veículos para danos materiais é de € 600.000. No entanto, porque os danos causados podem atingir valores superiores, muitos tomadores de seguros optam por contratar uma garantia superior.

Dado a apólice de responsabilidade civil ser idêntica em todas as companhias, a escolha depende sobretudo do prémio. Os preços dos seguros variam de companhia para companhia de Seguros. Cada Seguradora é livre de fixar os seus próprios preços para os seguros, incluindo o do seguro próprio seguro obrigatório de responsabilidade civil automóvel.

O preço pode variar de acordo com a sua estrutura de custos da seguradora e a experiência de sinistralidade dos seus clientes. Além da idade do condutor e da antiguidade da carta de condução, a idade do veículo, tipo de veículo e sua motorização e outros factores inerentes ao automobilista também podem ter influência no preço do seguro.

Normalmente, o preço aumenta por cada sinistro da responsabilidade do segurado e diminui por cada um ou mais anos sem sinistros. As zonas geográficas também influenciam bastante o prémio, pois o risco associado varia com as estatísticas de sinistralidade. Condutores de Lisboa ou do Porto, cidades consideradas de risco agravado, pagam até mais 25% mais do que os de Vila Real ou Beja, por exemplo.

Alguns conselhos

Leia atentamente a sua apólice de seguro e verifique se os riscos cobertos e os capitais contratados são efectivamente aqueles que cobrem as suas necessidades de protecção.

Contrate sempre o seguro de Ocupantes que inclua também o condutor. Muitos dos acidentes com vítimas resulta de despiste do veículo, sem intervenção de outros veículos. O seguro obrigatório não cobre as lesões provocadas no condutor do veículo, no caso de este ficar ferido ou falecer em consequência de Acidente.

O seguro apenas é válido com o pagamento do prémio, não sendo eficaz, se não se verificar o pagamento.

Tenha sempre no carro a carta verde e o recibo justificativo do pagamento do prémio.
Deverá colocar num lugar bem visível do pára-brisas o dístico identificativo do seguro que a seguradora lhe envia.

Seguradoras Low Cost

Recentemente têm aparecido no mercado empresas de seguro do tipo low-cost. Estas empresas, usam quase unicamente como canal de comunicação o telefone ou a Internet, não havendo necessidade de consultar o mediador ou o balcão da seguradora para aquisição do seguro. De forma simples e comodamente em sua casa, pode telefonar ou adquirir o seu seguro através da Internet, assim como fazer todo o tipo de simulações.

Este tipo de seguros, por norma é mais barato, pois a inexistência de balcões, permite às companhias praticar custos bastantes mais baixos, fazendo assim diminuir o preço dos seguros, não tendo que reflectir custos operacionais no valor que o cliente paga.

Como pagar menos pelo seu seguro automóvel?

Como poupar no prémio cobrado pela seguradora? De seguida indicam-se alguns conselhos para conseguir ter o melhor preço dos seus seguros.

1. Mantenha todos os seus seguros na mesma seguradora. Todos nós temos obrigatoriamente mais do que um seguro, se os conseguir colocar todos na mesma seguradora, então esta poderá oferece-lhe condições individuais especiais. Da mesma forma, caso tenha de negociar, isto poderá tem um peso negocial muito maior.

2. Faça simulações em várias seguradoras e compare os prémios. Neste aspecto a Internet apresenta-se como um meio muito favorável para poder facilmente simular em cada seguradora o valor para o seguro. Verifique online se alguma disponibiliza alguma promoção temporária. Depois de simular, tente negociar um prémio ainda mais baixo.

3. Não tenha acidentes. Sempre que tem um acidente o seu prémio aumenta. Pelo que o melhor é cumprir na integra as regras do código, ser prudente na condução e não ter acidentes. Parece obvio, mas um pouco mais de cautela pode fazer a diferença para muitos condutores.

4. Leia atentamente todas as coberturas opcionais e elimine todas aquelas que não lhe interessam. As apólices de seguro estão cheias de pequenas coberturas opcionais que são incluídas por omissão. Algumas dessas coberturas podem ser retiradas da apólice de forma a aliviar a carga total da apólice.

5 Esteja atento! Ao longo do ano as seguradoras criam novos produtos e ofertas. Normalmente é possível trocar de produto ou subscrever opções extra que nos reduzem a carga do prémio. Por vezes é mais vantajoso rescindir o seguro e fazer um novo na mesma seguradora, que renovar o actual seguro no fim do prazo vigente.

6. Pague o prémio de uma só vez. A maioria das companhias cobra o fraccionamento semestral, trimestral ou mensal. Isto contudo agrava o valor anual a pagar. Se puder, pague tudo de uma só vez.

7. Consulte um mediador de seguros. Regra geral, estes concedem descontos de num pacote de seguros.

8. Verifique se pode optar por alguma condição vantajosa. Os associados de clubes, como o Automóvel Club de Portugal, ou assinantes de revistas ou subscritores de determinados produtos, podem usufruir de condições mais vantajosas.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: